Contato:

(71)3321-1713

Notícias

Publicado em 07/05/2018

Correios Saúde sucateado, funcionários são obrigados a pagarem mensalidades e coparticipação



Considerado um dos melhores planos de saúde do Brasil, o Correios Saúde, tem sido sabotado e sucateado. Antes da criação da Postal Saúde, qualquer clínica ou hospital que ainda não atendesse aos funcionários da ECT, ficava ansioso para fazer parte da rede credenciada e enfrentava dificuldade com a aprovação da documentação. Atualmente o que se vê é uma situação lamentável e constrangedora. Todos os prestadores de serviços, grande ou pequeno, estão ansiosos para se livrarem da Postal Saúde por falta de pagamento. Diariamente quem busca atendimento se depara com consultas desmarcadas, exames cancelados e cotas para atendimento. O Correios Saúde sob a administração da Postal Saúde, tornou-se uma bola de fogo para os beneficiários, que são consumidos com angústia de ficar sem assistência médica no momento que mais precisam.

Desde o dia 12 de março, a empresa e o TST conseguiram impor o pagamento de mensalidades e aumento na coparticipação. Nenhum plano de melhoria foi apresentado aos funcionários, mas um formulário de exclusão de dependentes que deixa claro a intenção da ECT: acabar de vez com o Correios Saúde. Qualquer trabalhador que migrar para um plano privado, decreta a retirada dos nossos direitos e fortalece os que estão maquinando a privatização dos Correios. 

Nossa luta é por respeito, melhorias e ampliação da rede credenciada. Resistir sempre e desistir jamais. Só a luta muda a vida.