Contato:

(71)3321-1713

Notícias

Publicado em 09/07/2018

Em assembleia categoria aprova estado de greve

Os trabalhadores da Bahia em assembleia realizada no dia 03 de julho, aprovaram a seguinte pauta:  Estado de greve, indicativo de Greve para o dia 18 de julho (ressalva que a data de deflagração da greve pode ser alterada pelo comando de negociação), desconto assistencial no percentual de 2% (dois por centos) dividido em quatro parcelas de 0,5% (meio por cento),em agosto, setembro, outubro e novembro.
Até o momento a empresa só apresentou ataques.  Não diferente dos anos anteriores, uma série de retiradas de direitos foi apresentada ao CNNM:

• Exclusão do Vale Cultura;
• Plano de saúde – a empresa não quer discutir, continua sem uma proposta benéfica para a categoria.
• Exclusão do Vale alimentação extra (Vale Peru);
• Aumento na coparticipação do Vale alimentação, ticket refeição de 0,5% para 5,0%, ou seja, 100% de aumento;
• Resistência para negociar Vale combustível;
• Resistência para ampliar o auxílio babá para os pais;

A ECT quer a qualquer custo implantar nas unidades a reforma trabalhista para aplicar o seu pacote de maldades e retirar direitos da classe trabalhadoras dos Correios. Tudo isso, sob o plano de terceirização e privatização. Não podemos de formar nenhuma deixar que isso aconteça. Esse é o momento de toda classe se unir e barrar os ataques da empresa. Os trabalhadores devem entender que essa é uma das mais difíceis campanha salarial dos últimos anos.

Se cada um fizer a sua parte, participando das assembleias de forma maciça, a empresa vai entender que a categoria está disposta a ir até o fim para defender seus direitos.  Para o representante da Bahia no Comando, Saul Gomes, é claramente visível a política que a empresa está usando para acabar com os direitos da categoria: “A única forma de barrarmos esses ataques é estarmos juntos, através das mobilizações em nossas assembleias”, disse Saul.