Contato:

(71)3321-1713

Notícias

Publicado em 10/09/2018

Gestor do CEE Salvador penaliza trabalhadores que adoecem


Trabalhadores do CEE Salvador não podem mais adoecer e colocar atestados médicos. O gestor da unidade que é “médico/psicólogo”, entende que as doenças adquiridas não são motivos de afastamentos. Como consequência, os funcionários são penalizados com a retirada da função e por coincidência ao retornarem as atividades não estão na escala de trabalho aos sábados remunerados. Uma pouca vergonha!

Diante de tantos problemas que os trabalhadores enfrentam diariamente causados pelas péssimas condições do meio ambiente de trabalho, os funcionários ainda são assediados pelo gestor que de forma arbitrária retira direitos e os tratam com parcialidade mesmo seguindo as regras para que o atestado médico seja aceito. O gestor tem que entender que ninguém pede para adoecer, pois a sobrecarga de trabalho e falta de efetivo, são fatores fundamentais para o adoecimento da categoria. Vale ressaltar, que os atestados são entregues por um médico profissional extremamente qualificado e ético com sua profissão. 

O Sincotelba condena tal atitude do gestor. Caso o problema persista, os trabalhadores devem notificar imediatamente o sindicato que cobrará da SE/BA providências cabíveis.