Contato:

(71)3321-1713

Notícias

Publicado em 18/12/2017

Intervenção na Postal Saúde é pano de fundo para a zona de negócios ilícitos do PSD

Segundo a revista Carta Capital, uma fraude envolve o presidente dos Correios, Guilherme Campos e o ex-diretor de finanças, Francisco Arsênio de Mello Esquef, desligado em outubro da direção da empresa. No dia 08/12, na edição impressa de nº 982, a denúncia apresentou a cifra de 850 milhões de reais, num contrato planejado pela dupla. No lugar das tradicionais correspondências de papel, o acordo prevê o serviço postal eletrônico, o que prejudica toda a rede logística da empresa, reduz o número de caminhões, aviões, atendentes comerciais, operadores de triagem e transbordo e principalmente de carteiros fazendo entregas de correspondência pelo país. Um serviço que quebra os Correios e beneficia uma empresa de Santa Catarina, estado de um governador fiel ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, tudo sem licitação.

A revista Carta Capital, diz ainda que a denúncia já foi encaminhada ao Tribunal de Contas da União, e levou à abertura de uma investigação pelo TCU, que corre sob sigilo com o número A 026.092/2017-A, aos cuidados da ministra Ana Arraes. Saiba mais em: https://www.cartacapital.com.br/revista/982/a-zona-de-negocios-ilicitos-do-psd-do-ministro-kassab, publicado em 12/12/2017.