Contato:

(71)3321-1713

Notícias

Publicado em 06/09/2022

Sincotelba apoia a SOESSÃO DUPLA NO CINEMA DO MUSEU



SESSÃO DUPLA NO CINEMA DO MUSEU do Circuito Sala de Arte (Corredor da Vitória). Terça feira 6 de setembro às 19h. A entrada é gratuita.
O evento contará com a presença do diretor de ambos filmes e debate posterior.

A BRASKEM PASSOU POR AQUI, A CATÁSTROFE DE MACEIÓ. Direção de Carlos Pronzato.
O documentário relata o drama das vítimas e o silêncio das autoridades responsáveis pelas rachaduras e afundamentos no solo, que atingem ao menos quatro bairros de Maceió. A catástrofe resultou em mais de 15 mil residências destruídas em 250 hectares e mais de 65 mil moradores expulsos.
A tragédia foi observada após um tremor de terra ocorrido em fevereiro de 2018 no bairro do Pinheiro, onde surgiram as primeiras rachaduras. Contudo, após um ano, outros bairros apresentaram o mesmo problema, como o Mutange, Bebedouro e Bom Parto. Ao estudar as razões do problema, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) identificou que a extração de sal-gema, feita durante quatro décadas pela Braskem, sem a fiscalização das autoridades públicas, foi a causa do desastre.
Toda essa destruição ocasionada pela ganância da Braskem está registrada sob a visão do cineasta. Ao longo da construção do documentário, Pronzato conta o quanto se impressionou ao ver inúmeros imóveis desocupados.
” É impactante ver as rachaduras. É impressionante. Conseguimos driblar os tapumes para entrar nos imóveis. Não conseguimos entrar nas minas. É impressionante. E a noite piora, porque não conseguimos fazer entrevistas.
Durante os percursos encontramos uma cidade perdida. Apenas da compensação da Braskem, os moradores perdem sua história. Teve gente que nasceu no local e perdeu tudo, é muito triste. Isso por causa da negligência de uma empresa, pois tinham tudo para prever a tragédia. Nunca tinha visto algo do tipo”, afirmou o cineasta ao se deparar com uma “cidade perdida, um cenário de guerra”.

UCRÂNIA, OTAN vs RÚSSIA. Direção: Carlos Pronzato e Lois Pérez Leira.
A obra dirigida por Carlos Pronzato e Lois Pérez Leira apresenta o ponto de vista de analistas internacionais sobre rumo da guerra entre a Rússia e a OTAN. O documentário privilegia pontos de vista não difundidos nós grandes meios de comunicação fazendo um contraponto a mídia hegemônica ocidental. Entre os entrevistados estão: Atilio Borón, Adolfo Perez Esquivel, Stella Calloni, Jorge Elbaum, Jorge Kreyness, Silvana Jarmoluk, Alejandro Rusconi.

O evento conta com o apoio da FNA (Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas), SINARQ (Sindicato dos Arquitetos do Estado da Bahia) e SINCOTELBA (Sindicato dos Trabalhadores dos Correios da Bahia).

As 18 h, no foyer do Cinema, haverá o lançamento do livro POEMAS PARA RESISTIR, O CASO BRASKEM e do folheto da peça teatral UCRÂNIA, A CEREJA DO BOLO DA OTAN, ambos de Carlos Pronzato.